Contribuição mensal

A contribuição previdenciária é feita mensalmente sobre a remuneração total, limitada a R$ 405,86 (teto vigente a partir de1º de janeiro de 2011).

Tabela de contribuição ao INSS a partir de 1º de janeiro de 2011
Obs: tabela aplicada para os salários de janeiro, pagos até o 5º dia útil de fevereiro.

Salário-de-contribuição (R$)

Alíquota para fins de recolhimento ao INSS

Até 1.106,90

8%

de 1.106,91 a 1.844,83

9%

de 1.844,84 até 3.689,66

11%

Portaria Interministerial nº 568, de 31 de dezembro de 2010


Tabela de contribuição ao INSS a partir de 1º de janeiro de 2010
Obs: tabela corrigida de acordo com a Lei 12.254, de 15 de junho de 2010, com efeito retroativo a 1º de janeiro de 2010.

Salário-de-contribuição (R$)

Alíquota para fins de recolhimento ao INSS

Até 1.040,22

8%

de 1.040,23 até 1.733,70

9%

de 1.733,71 até 3.467,40

11%

Portaria Interministerial nº 333, de 30 de junho de 2010

 

Tabela de contribuição ao INSS a partir de 1º de janeiro de 2010
Obs: tabela aplicada para os salários de janeiro, pagos até o 5º dia útil de fevereiro

Salário-de-contribuição (R$)

Alíquota para fins de recolhimento ao INSS

Até 1.024,97

8%

de 1.024,98 até 1.708,27

9%

de 1.708,28 até 3.416,54

11%

Portaria Interministerial nº 350, de 30 de dezembro de 2010

 

Tabela de contribuição ao INSS de 1º de fevereiro a 31 de dezembro de 2009

Salário-de-contribuição (R$)

Alíquota para fins de recolhimento ao INSS

Até 965,67

8%

de 965,68 até 1.609,45

9%

de 1.609,46 até 3.218,90

11%

Portaria Interministerial nº 48, de 12 de fevereiro de 2009

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.